28/03/2009


. Uma mentira que a minha vaidade quer .

"O teu amor é uma mentira
Que a minha vaidade quer

E o meu, poesia de cego
Você não pode ver...

Te ver
Não é mais tão bacana
Quanto a semana passada
Você nem arrumou a cama
Parece que fugiu de casa...

Mas ficou tudo fora de lugar
Café sem açucar, dança sem par
Você podia ao menos me contar
Uma história romântica..."


Melhor do que escrever de próprio punho o que eu realmente estou sentindo agora!


Um comentário:

  1. Perfeito, transcedental! A foto completa a arte!

    ResponderExcluir

 
Desvaneios de Madrugada - Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo